segunda-feira, 23 de setembro de 2019

Repúdio ao Comunismo e apoio à Lava-Jato

Professor Universitário do Departamento de Engenharia Mecânica da UFSC,
e que ao longo de 45 anos vem se dedicando ao mister de formar novos
profissionais, vem a público conclamar o povo brasileiro a pensar, a
raciocinar e não deixar-se levar pela cantilena endoidecida da esquerda
demente ora atuante.
Um patriota, lutador pela liberdade, uma pessoa livre das amarras dos
devaneios doentios e sanguinários com que essa cleptocracia tenta manter
o domínio sobre a população como um todo.
A guerra hoje é contra esse processo que tenta a dominação de nossa
nação e justamente pelas mãos de dominadores comunistas e ou sociopatas
do mundo.
O apelo deste homem é que sejam expulsos os bandidos da educação que
estão colaborando mais e mais para o desmonte total da democracia
brasileira.
"Vamos apoiar a Operação Lava Jato!
Vamos apoiar a Reforma da Previdência!
Vamos apoiar a Democracia!
E vamos gritar contra toda a espécie de chacal, hiena, escorpião, e todo
esse zoológico de bandidos que conspira contra a nação brasileira."
(excerto do vídeo)

(ap. Ely Silmar Vidal - Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente
do CIEP - Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (OI)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 160619 - Repúdio ao Comunismo e apoio à Lava-Jato - (imagens da
internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos
iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos
contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém,
ajude-nos:
(ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

[youtube=http://youtu.be/f2nIHaB9mMI]

http://www.portaldaradio.com

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae

domingo, 22 de setembro de 2019

Burburinho: que roubaram, não resta dúvidas

Bem, eu tenho 60 anos e confesso, já vi coisas que às vezes julgo,
tratar-se apenas, de uma ilusão de ótica.
Sim, às vezes não queremos admitir que possamos ter chegado tão baixo,
mas, olhando mais atentamente, percebemos que não estamos enganados não,
e que de fato, o que pensamos ter visto, não passa da mais estranha
realidade.
Algumas coisas, causam tanta estranheza, que precisamos apertar os
olhos, ou até mesmo nos beliscar e assim ter a certeza de não estarmos
dormindo.
Foi o que aconteceu, quando me deparei com a notícia de 10/06/16, que
João Vaccari Neto decidira quebrar o silêncio.

Lembrando ter sido ele um homem muito forte na cúpula do partido, haja
vista o fato de ele ter sido um dos fundadores e o homem capaz de
arrecadar, gerir e distribuir, dentro de rigores contábeis de quadrilhas
criminosas, algo em torno de 1 bilhão de reais. Sim, porque segundo
consta, durante a sua gestão, o PT, teria arrecadado em propina, muito
mais de 1 bilhão de reais, e ele, enquanto tesoureiro, foi o responsável
por grande parte desse empreendimento. E agora, assim, quase que de
repente ele se propõe a entregar, os companheiros, ou pelo menos, uma
parte do que sabe para a Operação Lava Jato.

Bem, é claro que isso não passou de um sonho, e que naturalmente isso
não poderia acontecer de uma forma tão simples assim, afinal de contas,
primeiro, que isso abalaria a espinha cervical do crime organizado, e
naturalmente que João Vaccari Neto, ou alguém muito querido por ele, não
viveria para contar essa parte da história.
Ele sabe que seus familiares não estão seguros, portanto, não é tão
simples assim.
Afinal a máxima: "Siga o dinheiro!", não permitiria que ele fizesse uma
delação meia boca, porque à medida que começa a abrir a boca de A ou de
B, fica forçoso que fale também de C, D ou até mesmo de E. E isso,
claro, seria perigoso demais para o restante da quadrilha que ainda não
foi alcançado pelos longos braços da lei.

Houve na época, até mesmo, uma conversa entre Vaccari e um de seus
companheiros de cela, em que ele teria esboçado, uma espécie de balbucio
de alguém que estava já um bocado cansado de tanto correr Onde ele
reclamava do abandono por parte de seus "cumpanheros".
Observem, ele já estava sentenciado a mais de 24 anos de prisão e ainda
tinha como tira-gosto, mais algumas condenações, já muito bem encaminhadas.
Vaccari é um dos homens que mais sabe das coisas relativas à quadrilha
do Partido dos Trabalhadores, mas, como ele mesmo disse:

"Não posso delatar porque sou um fundador do partido. Se eu falar,
entrego a alma do PT. E tem mais: o pessoal da CUT me mata assim que eu
botar a cara na rua". (João Vaccari Neto - ex-tesoureiro do PT)

Mas, como todos sabemos, naquela época, Vaccari mandou um recado que foi
entregue ao partido pela própria imprensa, de que ele estava se sentindo
sozinho. claro que não demorou e algumas pessoas importantes do partido,
condoeram-se de sua situação, e alguém foi visitá-lo e possivelmente lhe
deram alguns afagos, que possivelmente foram muito importantes, a ponto
de aquietar a alma intranquila do PTralha.

Ele sabe que não tem para onde fugir, ou fica preso em silêncio, ou fica
preso em silêncio, pois sua posição não é das mais interessantes não.

=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=

Bem, e continuando a nossa missão de contar ao mundo o que uma quadrilha
criminosa é capaz de fazer com os cofres de uma nação, vamos aos fatos,
de acordo com a possibilidade de abertura da Caixa Preta do BNDES.
De acordo com indícios muito primários, essa caixa preta acusa o desvio
estarrecedor de algo em torno de 578 bilhões de reais.
E esse teria sido o motivo pelo qual hoje estamos em um mato sem
cachorro, nossos filhos sem escolas, portanto sem o a acesso à Educação;
nós mesmos e nossos familiares e amigos sem hospitais, ou seja, sem
acesso à Saúde Pública; e naturalmente que toda a população, totalmente
a descoberto, sem acesso à Segurança Pública.

Não podemos negar a importância da delação de Antonio Palocci Filho, que
confirmou desvios que ultrapassam a barreira dos 500 Bilhões de reais
dos cofres, neste caso, especialmente do BNDES.

Inúmeros profissionais, sérios do jornalismo, já estão debruçados a
muito tempo sobre esse assunto, e vêm fazendo uma investigação para
saber onde foi que de fato a quadrilha PTralha enfiou o nosso dinheiro.

Uma parte dessa dinheirama toda, foi utilizada para financiamento de
obras, verdadeiros "elefantes brancos", em países onde os ditadores eram
os amiguinhos preferidos da quadrilha criminosa que por aqui agia.

Tratava-se de um jogo mais ou menos assim: Eu faço de conta que te
empresto um dinheiro para determinada obra, pois temos que apresentar
algo para que o Brasil ache que de fato algo está sendo feito, mas é
claro que essa obra, seria superfaturada, ali entraria muito dinheiro,
para ser lavado e devolvido de inúmeras formas aos quadrilheiros de plantão.

Dessa forma é que se chega a inúmeros:

PETROBRÁS: 62 bilhões de reais;
EMBRAER: 49 bilhões de reais;
Queiroz Galvão: 25 bilhões de reais;
Vale do Rio Doce: 22 bilhões de reais;
ODEBRECHT: 18 bilhões de reais;

Mas como nem tudo está tão ruim, que não possa piorar, vamos encontrar
alguns outros números que igualmente nos deixam estarrecidos:

Podem ser vistos os estragos de inúmeras formas, mas é claro que se
estiverem separados por obras e países, percebe-se mais atentamente o
tamanho da falcatrua e do descalabro:

Na Venezuela temos:

Usina Siderúrgica, ao custo de 3 bilhões de reais;
Metrô da Venezuela, ao custo de 3 bilhões de reais;
Estaleiro, ao custo de 2 bilhões de reais;
Ponte sobre o Rio Orinoco, ao custo de 912 milhões de reais.

Em seguida, chega a vez das ditaduras africanas, amiguinhas do "AMIGO":

Aeroporto de Moçambique, ao custo de 469 milhões de reais;
Aeroporto de Gana, ao custo de 656 milhões de reais;
Barragem de Moamba, ao custo de 1 bilhão de reais;
BRP de Maputo, ao custo de 656 milhões de reais.

Como se pode observar o Nordeste brasileiro que se exploda, afinal de
contas, que é uma seca, como a que temos no Nordeste, que exija que
foquemos nossos esforços nisso, se podemos irrigar os países de
ditaduras africanas, com o dinheiro dos impostos do povo brasileiro?
Lembrem-se, uma parte desse dinheiro, não era exatamente para custear as
obras naqueles países, senão uma forma de desviar o dinheiro de nossos
cofres, entregá-los em mãos desonestas no exterior, que dariam um jeito
de lavá-lo a custos altíssimos e devolvê-lo aqui no Brasil aos ladrões,
camuflados de outras formas, a fim de chamar o mínimo a atenção do fisco.

Assim se camuflava esse desvio, como se os países desses "ditadores
amigos do amigo de meu pai" não pudessem ficar sem energia elétrica,
isso justifica a quantidade de Usinas Hidrelétricas construídas em
outros países, ainda que houvesse a necessidade de termos uma a mais em
Roraima.

Hidrelétrica da Nicarágua, ao custo de 1 bilhão de reais;
Hidrelétrica do Equador, ao custo de 1 bilhão de reais;
Hidrelétrica do Peru, ao custo de 1 bilhão de reais

Note-se que tudo é muito grande, são valores vultosos, embora descritos
em reais.
Alguns pontos chamam a atenção demasiadamente, e neste ponto, vamos
focar um pouco no que seria considerada a cereja do bolo da PTralhada,
ou seja, a ditadura cubana. Esta ditadura completa a farra das obras e
empréstimos irregulares, que de acordo com os canalhocratas, faziam
aquilo com o fim de fomentar o desenvolvimento e o emprego, bem como os
lucros para Cuba, ainda que à custa do desemprego e da miséria que
aumentavam a olhos vistos no Brasil.
Assim que houveram investimentos em Cuba fantásticos:

Porto de Mariel, custou a cifra de 2 bilhões de reais.

E a Bolívia também não poderia ficar de forma, afinal, desgraça pouca é
bobagem, quando o dinheiro é oriundo do suor de um povo que trabalha.
Evo Morales simplesmente achou por bem fazer a expropriação de duas
Refinarias em solo boliviano.
Fomos somente escorraçados da Bolívia, assim que nos tiraram o que nos
pertencia por direito.
Isso pode-se dizer, foi simplesmente um roubo.

Mas, ainda tivemos obras construídas também no Panamá;
Hidrelétrica, Rodovias e Metrô.

Metrô do Panamá, ao custo de 3 bilhões de reais;
Autopista de Cólon, ao custo de 572 milhões de reais;
Hidrelétrica, ao custo de 1 bilhão de reais.

Bem, depois de termos sido expropriados por Evo Morales, claro que o que
tivemos que engolir de "los hermanos", que por intermédio de Cristina
Kirchner, levaram 8 bilhões de reais em dinheiro e um aqueduto, termina
por nada representar; diga-se de passagem, enquanto nosso nordestino
morre a míngua no período da seca.

Aqueduto de Chaco, ao custo de 675 milhões de reais.

E para coroar a bela lista dos desvios estratosféricos, podemos observar
os empréstimos em dinheiro feitos a alguns países:

Angola, 14 bilhões de reais;
Venezuela, 11 bilhões de reais;
Cuba, 3 bilhões de reais;
Argentina, 8 bilhões de reais.

Bem a farra dos empréstimos em dinheiro vivo, não parou por aí não,
ainda tivemos os empréstimos feitos às empreiteiras brasileiras:

Odebrecht, 36 bilhões de reais;
Andrade Gutierrez, 8 bilhões de reais;
Queiroz Galvão, 3 bilhões de reais;
Camargo Corrêa, 2 bilhões de reais;
OAS, 1 bilhão de reais.

Naturalmente que encontrei este trabalho, (levantamento de valores) na
internet, e que este trabalho foi feito por outras pessoas.
São pessoas que não conheço, mas que devo tirar o chapéu, afinal de
contas, preocuparam-se com detalhes.
Segundo consta, os valores estão no próprio site do BNDES.
Desejo boa sorte a quem queira fazer as devidas verificações, eu de
minha parte, contentei-me em divulgar o que foi apresentado pelo Fabio
Patriota, um jornalista patriota, pessoa que tenho tido a oportunidade
de acompanhar alguma coisa.

(ap. Ely Silmar Vidal - Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente
do CIEP - Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (OI)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 130819 - Burburinho: que roubaram, não resta dúvidas - (imagens
da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos
iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos
contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém,
ajude-nos:
(ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

[youtube=http://youtu.be/4bHinkGIjGs]

http://www.portaldaradio.com

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae

Amazônia em risco, proprietários estrangeiros

Empresário sueco, marido da socialite paulista Ana Paula Junqueira,
parecem estar interessados em investimentos grandiosos no Estado do
Amazonas.
O objetivo seria o de proteger a Amazônia, no entanto, é claro, que o
Brasil não está a venda, e principalmente áreas com tão infinitas
jazidas de minérios como as que estão na região amazônica.
Bem, a ABIN já está investigando e isso a bastante tempo. Creio ser
muito interessante sim, a investigação e agora o fechamento para coibir
que surjam outros interessados em investir na nossa floresta amazônica.
Se quiserem que vão comprar da Venezuela, da Guiana Francesa, enfim, de
quem eles quiserem, mas lembrando sempre, o Brasil não está a venda.
Uma das ONGs envolvidas nisto é uma tal Cool Earth. Interessante
aprofundar as investigações e como diria Sérgio Moro, "Sigam o dinheiro!"
Aço... Selva...
Brasil acima de tudo, Deus acima de todos!

(ap. Ely Silmar Vidal - Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente
do CIEP - Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (OI)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 220919 - Amazônia em risco, proprietários estrangeiros -
(imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos
iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos
contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém,
ajude-nos:
(ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

[youtube=http://youtu.be/_zXWKxGLP5c]

http://www.portaldaradio.com

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae

RoadShow da InfraEstrutura

Neste o Ministro da Infraestrutura Tarcísio Gomes de Freitas, nos
apresenta um pequeno balanço de um período de trabalho, que para bons
entendedores, já deixa perceber um futuro brilhante e promissor para a
nossa nação.
Tudo começa com um passo, e esse passo está sendo dado, ao encontro de
investidores e donos do capital, a fim de que nossa nação seja vista,
como alternativa para investimentos próximos e futuros, com a certeza de
terem sido feitos em um País que honra seus compromissos e preza por
acordos e parcerias sérias.
Aço... Selva...
Brasil acima de tudo, Deus acima de todos!

(ap. Ely Silmar Vidal - Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente
do CIEP - Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (OI)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 220919 - RoadShow da InfraEstrutura - (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos
iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos
contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém,
ajude-nos:
(ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

[youtube=http://youtu.be/l0Vwa-1rANs]

http://www.portaldaradio.com

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae

Uma linda homenagem

Foi homenageado, especialmente, o povo gaúcho por conta do 20 de
setembro que é uma data muito especial, mas vemos a extensão que o
declamante faz a todos os demais estados em uma deferência gentil e
muito respeitosa aos irmãos brasileiros, não importando de que estado seja.

A cultura gaúcha é muito rica, (como é, naturalmente toda a cultura
brasileira) e no período de 13 a 20 de setembro é relembrada a Revolução
Farroupilha, que ocorreu especialmente no 20 de setembro de 1835.
Esta é considerada a revolução mais demorada ocorrida no Brasil. Teve a
duração de quase dez anos, e seus ideais eram os de: Liberdade,
Igualdade e Humanidade.
Durante essa semana o gaúcho, se caracteriza, e vê-se por todos os
cantos as mulheres com seus vestidos de prenda, e os homens com suas
bombacha, lenços, chapéus, guaiacas e demais apetrechos que o
caracterizem à altura da honra de ser gaúcho.

"Ser gaúcho é uma dádiva, viver nessa terra de guerreiros por natureza
não tem coisa igual. Dizem que o sol nasce para todos, mas parece que
ele brilha com mais vontade em nossas terras com lindos campos verdes.
Saborear o churrasco de domingo e tomar um amargo chimarrão só pode ser
coisa dos céus. Rio Grande Do Sul, terra de lindas mulheres e homens
maravilhosos. Lugar de pessoas hospitaleiras que sempre recebem bem quem
aqui vem nos visitar e acolhe com carinho aqueles que resolvem ficar
pelos pagos gaúchos daqui fazendo sua morada. Nossa cultura açoriana, o
trabalho de tecelagem em lã, o traje tipicamente gaúcho, a bravura de
homens e mulheres que são guerreiros por natureza, os casarios
açorianos, isso e muito mais você encontra aqui em nossa terra. Claro,
eu não poderia deixar de citar o futebol gaúcho neh, que é muito bem
representado pelos times Internacional e Grêmio. Mesmo sendo torcedora
fanática do Inter, colorada de coração, perna, joelho, braço, nariz...
Reconhecer que são dois gigantes e dão seus respectivos shows quando
estão em campo. Parabéns ao nosso RS e a todos os gaúchos e gaúchas,
afinal, "povo que não tem virtude acaba por ser escravo" e que "Sirvam
nossas façanhas de modelo a toda Terra" - (Franciane Costa)

(ap. Ely Silmar Vidal - Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente
do CIEP - Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (OI)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 210919 - Uma linda homenagem - (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos
iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos
contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém,
ajude-nos:
(ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

[youtube=http://youtu.be/qhzvnqLEBVQ]

http://www.portaldaradio.com

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae

sábado, 21 de setembro de 2019

O STF e seus hóspedes de ouro

A título de esclarecimentos, "casa da mãe Joana", é uma expressão da
língua portuguesa que designa um lugar onde vale tudo, onde a ordem não
é bem-vinda e onde deve predominar a confusão.
Segundo Câmara Cascudo, essa expressão foi cunhada, com base na vida de
Joana I de Nápoles no período de 1326 a 1382, cuja vida libertina,
permissiva e desregrada, deu origem ao termo.
Como ela teria aos 21 anos, no ano de 1347, regulamentado os bordéis e
que: "esse lugar que teria uma porta por onde todos pudessem entrar e
sair sem pedir licença, e onde imperava a indisciplina e o
desrespeito.", esse termo acaba virando sinônimo de prostíbulo.

A casa da mãe joana, para quem não sabe, no Brasil está mais
especificamente localizada no planalto central, muito bem construída, de
forma estratégica, a fim de que os seus moradores, ou hóspedes, pudessem
ficar bem instalados, digamos, fora do alcance das mãos da gentalha, que
indignada se debate, sem saúde, sem segurança e até mesmo sem educação.

As atribuições da "Casa da Mãe Joana" são, as de regulamentar, tudo o
que pode e deve acontecer nos arredores, a fim de que, os detentores do
poder, não percam a condição de continuar a mandar no espaço em redor da
dita casa do baixo metrício.
Assim, que essa "Casa" tem alguns seres ignóbeis, com caras e bocas,
capaz de meter medo em muitos, e a fim de poder manter a galé em rédeas
bem curtinhas. E é por isso que lá encontramos os seguintes:

José Celso de Mello Filho, a quem chamam "decano, por ser o mais
antigo", está comodamente instalado na referida zona, por José Sarney,
desde 1989, e deve ainda permanecer vomitando pelos espaços e empurrando
para baixo dos tapetes suntuosos, muita sujeira até pelo menos 2020;
Marco Aurélio Mendes de Farias Mello, este ocupa aqueles salões desde
1990, e foi instalado nesse lupanar, por Fernando Collor de Mello, e
deverá por ali ficar até o ano de 2021;
Rosa Maria Pires Weber, que foi instalada nessa suntuosa casa desde
2011, pela famigerada Dilma Rousseff, e deve por lá permanecer até 2023;
Enrique Ricardo Lewandowski, passou a ocupar a cadeira nessa casa em
2006, indicado pelo Luiz Inácio Lula da Silva, e por ali deve continuar
fazendo cagadas até 2023;
Luiz Fux, este elefante sobe no poste em 2011 , pela Dilma Rousseff e
por ali deve permanecer até 2028;
Cármen Lúcia Antunes Rocha, foi colocada nesse lugar, ao que parece até
hoje não se deu conta de onde esteja em 2006, pelo Luiz Inácio Lula da
Silva, onde deve permanecer até 2029;
Gilmar Ferreira Mendes, viu-se alçado a um posto que jamais ocuparia por
seus próprios méritos em 2002, pelo Fernando Henrique Cardoso, onde deve
permanecer até 2030;
Luiz Edson Fachin, que passou a ocupar a casa em 2015, pelas mãos de
Dilma Rousseff, onde deverá permanecer até 2034;
Luís Roberto Barroso, que se viu nesse posto a partir de 2013, pelas
mãos de Dilma Rousseff, onde deve permanecer até 2033;
José Antonio Dias Toffoli, este que pode facilmente ser visto como o
cocô do mosquito do cocô do cavalo do bandido, ocupa este posto desde
2009, pelas mãos de Luiz Inácio Lula da Silva, onde deverá permanecer
até 2042;
Alexandre de Moraes, este que facilmente pode ser confundido com o
Alexander Joseph "Lex" Luthor, o criminoso das histórias em quadrinhos e
que ocupa o aposento desde 2017, pelas mãos de Michel temer, e onde deve
permanecer até 2043.
Isto, salvo que Deus tenha piedade de nós e retire a algum deles antes
tempo...

Pois então minha gente, essa é uma parte da história da "Casa da Mãe
Joana", que muitos conhecem por STF Supremo Tribunal Federal. Um lugar,
onde quem entra é porque tem um exagerado QI. Neste caso, não se trata
de Quociente de Inteligência, senão, justamente do Quem Indica. Ou seja,
nenhum dos que ali estão alojados, ali estão por mérito, ou mesmo por
notório saber, etc... Mas porque ali foram colocados com objetivos muito
apropriados, de continuar e perpetrar a sanha de poder de quem lhes indicou.
E você, está gostando? Afinal de contas, você paga a conta.

A isto eu diria: "Vai que é tua povo brasileiro!" A bola está contigo, e
agora está na nossa hora de dar um basta, um ponto final a isso tudo.

Brasil acima de tudo, Deus acima de todos!

(ap. Ely Silmar Vidal - Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente
do CIEP - Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (OI)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 130819 - O STF e seus hóspedes de ouro - (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos
iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos
contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém,
ajude-nos:
(ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

[youtube=http://youtu.be/VTscWbPbnfA]

http://www.portaldaradio.com

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae

Confiar nas Forças Armadas é a pedida?

"Os poderes terão que buscar uma solução, se não conseguirem, nós
teremos que impô-la. (General Mourão)

Será que se pode confiar no Exército?
Ele trabalha 24 horas por dia, 7 dias por semana, todos os dias do mês,
e todos os dias do ano.
Além disso, lembre-se que não recebem, FGTS, horas extras, adicionais de
periculosidade e insalubridade, e estão onde ninguém, por bem, quer
estar. Mas lá, é onde está o Exército Nacional, e porque não dizer: Lá
estão as nossas Forças Armadas.

=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=

Foi graças às nossas Forças Armadas que o molusco está até o presente
momento enjaulado.
E vendo desta forma, encontramos os motivos para, por vezes, até mesmo
nos sentirmos satisfeitos com tal façanha.
Assim, que pelo twitter, encontro o Rodrigo Moller, que disse:
"Ideia genial pedir a transferência do Lula para um presídio, mostrou
para o país inteiro que o STF é um puxadinho do PT, rasgaram a
constituição na cara dura para defender o bandido condenado em várias
instâncias.

E aí o Rodrigo Moller puxa a hashtag: #STFtraidor

Enquanto isso, os hospitais continuam sem leitos, as escolas com baixos
rendimentos, porque cessaram os investimentos (lembrando que os
investimentos não cessaram por causa do Bolsonaro, cessaram por que o
apedeuta e sua grande quadrilha, aqui se incluem os membros do STF,
saquearam a nação), os remédios não chegam aos postos de atendimento
(não poderiam chegar, remédios caros, dependem da autorização do STF,
mas este, não se digna a julgar esses casos, porque dá prioridade a
problemas como soltura de Barata, de Eike, ou mesmo impedimento da
transferência do molusco para um presídio a fim de desopilar a máquina
pública. Não podemos ignorar que o presidiário Lula custa à nação, algo
em torno de R$ 10.000,00 por dia. E também não poderiam chegar, porque a
agenda é exterminar uma parte da população, por isso, encontram-se
ambulância novas apodrecendo, remédios em locais inadequados, apenas
esperando o momento de ser jogado no lixo, e por aí afora).

Por esse motivo não se espantem, mas no jornal Zona da Mata, tem uma
matéria que diz que:
"Mineira que lutava para receber remédio de alto custo do Estado morre
após seis anos esperando decisão que ainda tramita no STF". E por essa
matéria, nos damos conta de que Alcirene de Oliveira, falecida em 2017,
na cidade de Juiz de Fora - MG, precisava de medicamento e procurou a
justiça, porque era portadora de uma doença renal crônica. O Recurso
"extraordinário" que tratava do caso dela estava no STF desde 2011 e até
o falecimento da mesma, ainda não tinha previsão para ser julgado.

=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=

E conforme consta do portal do Comando Militar da Amazônia, um vídeo
publicado em 31/10/17, nos dá conta, - ao contrário do que muitos dizem,
que o Exército não faz nada, - que desde sempre, o Braço Forte e Mão
Amiga, tem estado conosco, atuando fortemente em todos os setores. Neste
caso especialmente, vemos nosso Exército Brasileiro, 24 X 7, mobilizando
seus meios de Engenharia para a obra na BR-163, conhecida como Rodovia
Cuiabá - Santarém.
Essa rodovia que foi projetada para o principal meio de escoamento da
produção de grãos do Centro-Oeste do País, encontra-se com obras
avançadas de recuperação por nossa forças militares, na pavimentação de
65 KM, especialmente no trecho entre Novo Progresso e Moraes de Almeida
no Estado do Pará.
Lembrando que em 2017 o Comando Militar da Amazônia estava sob a batuta
do General Miotto.

E continuando sempre com força total, vemos a partir de um vídeo no
canal do próprio Exército Brasil, publicado em 10/02/19, e o alvo é a
Pavimentação da BR 163 executada pelo Exército Brasileiro, conforme
publicação em 10/02/19.
Trata-se da Operação Xingu, operacionalizada pelo 8º BEC - Batalhão de
Engenharia de Construção, onde vemos a Construção Rodoviária do Lote 1,4
da BR-163 - PA, do trecho entre MT-PA localizado no Córrego XV de
Novembro, na Fronteira Brasil / Suriname a 600 Km da sede, entre os
distritos de Novo Progresso e Igarapé do Lauro, em Moraes de Almeida no
Pará.

=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=

Então, como se percebe, não podemos achar que nossos valorosos soldados
nos teriam abandonado, porque nunca o fizeram, e não seria agora que o
fariam.

Aproveitando no entanto, ouso trazer uma história que li, que nos
ilustrará muito bem, como é que nosso exército é visto no Brasil e mundo
afora.
Neste caso, a história fala mais claramente de Bolsonaro, mas, para bom
entendedor, pingo é letra.

"O presidente Bolsonaro convidou o papa para almoçar num barco para
desfrutar as belezas do Rio de Janeiro, e o papa aceitou.
Durante o almoço, uma ventania levou o chapéu do pontífice jogando-o na
água.
A tripulação e os serviços secretos organizavam um barco para ir
buscá-lo, quando o capitão interveio, dizendo: "Deixem, rapazes, eu vou
buscar."
- Bolsonaro desceu pelo lado da embarcação, andou sobre a água na
direção do chapéu, pegou-o, caminhou de volta sobre a água, subiu e
entregou ao papa o seu chapéu.
Todos que estavam presentes ficaram estupefatos e sem palavras. Ninguém
sabia o que dizer, nem mesmo o papa.
Mais tarde, NBC, CBS, EL PAIS, LE MONDE, NYT, MSNBC, FOLHA DE SP, GLOBO
E GLOBO NEWS e todos os membros da imprensa sabiam como cobrir a história.
A manchete na notícia foi a seguinte:
"Bolsonaro não sabe nadar!" - (autor desconhecido)

Posso adiantar a todos, que é assim que nossa mídia vê e retrata o
trabalho de qualquer pessoa séria em nosso País, fundamentalmente,
daqueles que podem fazer algo em prol de uma nação melhor.

=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=

Além do acima, encontrei também a seguinte nota conjunta do Ministério
da Defesa e do Ministério das Relações Exteriores – Designação do Brasil
como aliado prioritário extra-OTAN pelo governo dos Estados Unidos da
América.

Em Brasília, no dia 01/08/2019 - O governo brasileiro recebeu com grande
satisfação a notícia de sua designação como "aliado prioritário
extra-OTAN" (em inglês, Major Non-NATO Ally – MNNA).

O status de MNNA, formalizado ontem pelo Presidente do Estados Unidos da
América, eleva a parceria estratégica com os Estados Unidos a um novo
patamar de confiança e cooperação.

A condição de MNNA é conferida a número restrito de países, considerados
de interesse estratégico para os EUA, e torna-os elegíveis para maiores
oportunidades de intercâmbio e assistência militar, compra de material
de defesa, treinamentos conjuntos e participação em projetos.

A base industrial de defesa brasileira poderá ser beneficiada pelo
status de MNNA ao integrar-se de forma mais competitiva nas cadeias
globais de valor de alta tecnologia do setor. Poderão ser discutidas
opções de maior acesso ao mercado norte-americano e a financiamentos
para produtos de defesa exportados pelo Brasil, além da participação em
licitações e empreendimentos conjuntos.

Espera-se, ademais, a facilitação de trâmites para a aquisição de
produtos de alta tecnologia necessários ao avanço de programas
estratégicos nacionais.

Os projetos concretos decorrentes do status de MNNA serão negociados e
definidos no âmbito dos mecanismos institucionais existentes de diálogo,
consulta e coordenação diplomática e militar.

A cooperação com os outros membros da OTAN, alguns dos quais
tradicionais parceiros estratégicos do Brasil, continuará sendo
aprofundada nos respectivos planos bilaterais. - (Fonte: Ministério da
Defesa - matéria de: Guilherme Wiltgen)

=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=

Então, quando algumas coisas acontecem nesse sentido, de nos
engrandecer, sempre teremos os que não têm vergonha na cara, e ficam
enfurecidamente, tentando denegrir o restante do povo.

E quando a falta de vergonha na cara é manifesta, quase mais nada se tem
a falar. Nesse momento surgem alguns poucos que se manifestam, e cada um
deles a seu tempo e de seus lugares, manifestando seu desassossego.
Todo mundo conhece o General de Brigada Paulo Chagas, e faz tempo que
acompanha seus pronunciamentos.
Este foi mais um dos que sacodem, para quem os tem, o brio e a vergonha
na cara: "A Suprema Corte brasileira tem a cara hipócrita da esquerda
fabiano / bolivariana que a concebeu em relação incestuosa com os
corruptos, de todas as cores, homiziados no Senado Federal."
Quem não tem, brio e vergonha na cara, é claro que, faz cara de
paisagem, como se não estivesse entendendo o recado.

Como que do nada, aparentemente como voz solitária, surge e reverbera a
voz do General da reserva Luiz Eduardo Rocha Paiva, e diz, com voz alta
e dura que o STF teme e treme, e por esse motivo se volta em defesa ao
apedeuta.
"É hora de mostrarmos nossa revolta com o STF. A Corte Suprema está
contaminada por pontuais e nefastas ligações ou partidárias, ou
ideológicas, ou fisiológicas, com prejuízo da imparcialidade e, em
consequência, com perda de legitimidade."

E o General Mourão também se manifesta: "Vergonha do STF … falta de
espírito público, covardia moral e falsidade"

"Ao longo dos últimos 4 anos, pertenci a um colegiado, o Alto Comando do
Exército. Composto pelos Oficiais Generais de 4 Estrelas, homens que
dedicaram mais de 40 anos de Serviço à Pátria. Em todo esse período
travamos discussões, debatendo os temas do interesse do Exército, mas,
acima de tudo, do Brasil. Apesar das diferenças de opinião, o ponto
focal sempre foi o bem do País. Jamais vi personalismos, discussões
deletérias, ou ofensas pessoais, pois ali nosso farol era a tríade
Honra, Dever e Pátria.
Ao ver o STF, corte maior de nosso Brasil, sinto-me envergonhado pela
falta de espírito público, pela covardia moral, pela linguagem empolada
- destinada a enganar o homem comum -, pelas falsidades e,
principalmente, por observar que uns merecem mais que outros ante os
olhos daquele colegiado. Fica claro que os que possuem "pertences"
jamais cumprirão a pena que merecem por haver surrupiado o bem público.
Fica o alerta de Soldado. CUIDADO COM A CÓLERA DAS LEGIÕES !!!! -
(General Antônio Hamilton Martins Mourão - pronunciamento no início de 2018)

A contextualização histórica é a seguinte:

Caio Júlio Cesar analisando os acontecimentos, teria dito:
"A República agoniza. O dinheiro, a libertinagem, os costumes gregos
corrompem os cidadãos.
A plebe vive da esmola que lhe dão a cada mês. Se não receber a parte do
trigo que calcula lhe devem, insurge-se. Mas os magistrados eleitos, os
questores, tribunos, pretores e cônsules são ainda piores que os pobres
cidadãos. Compram os votos; vendem a si mesmos" - (Caio Júlio César)

E, em 20 DC, Marcus Flavinius, um Centurião da Segunda Coorte da Legião
Augusta, escreve o seguinte, a seu primo Tertulius em Roma:
"Apresse-se em acalmar-me - é o que peço - e diga-me que nossos amigos
cidadãos nos entendem, apoiam-nos e nos protegem, como estamos
protegendo a glória do Império.
Se for de outra forma, se tivermos que deixar nossos alvos ossos em vão,
nestas areias desertas, então tomem cuidado com a cólera das legiões."

=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=

Bem, como nem tudo o que reluz é ouro, assim também, nem tudo o que
balança cai, no entanto o homem continua sendo um perfeito parvo,
entendendo apenas o que, e quando lhe convém.
Dessa forma é que o STF e os demais poderes da República, ainda não
entenderam os riscos que corre a nossa tão combalida República Federativa.
Assim que, por conta dos desmandos, o Alto Comando do Exército,
manifesta de inúmeras formas o seu descontentamento com os
acontecimentos envolvendo as demais casas que compõem o poder nacional.
Se STF, Senado e Câmara, fossem compostos por homens de juízo e de
valor, seria natural que já tivessem percebido o descontentamento, e,
talvez até já estivessem se recompondo de tanta orgia. Mas como se trata
de casas onde a pouca vergonha reina absoluta, é natural que o bom senso
passe ao largo, silencioso e desenxabido.
E para piorar a situação dessas casas, existe a mídia que até traz a
informação que poderia salvar a lavoura, porém, ela pinta essa
informação com a coloração da contra-informação, e assim consegue que
tudo permaneça "como dantes no quartel de Abrantes".
Para que se entenda melhor os acontecimentos, temos que voltar um bocado
atrás:

Em 09/2015 o então, recém empossado (05/02/2015 a 11/01/2019),
comandante geral do Exército, General Eduardo Dias da Costa Villas Bôas,
faz um pronunciamento no Senado Federal em tom forte, firme e que já
prenunciava o que viria a se desenrolar nos anos seguintes:

"O nosso País está absolutamente maduro, as instituições funcionando
perfeitamente bem, com seus espaços de atuação definidos, com um sistema
de freios e contra-pesos, que dispensa a sociedade de ser tutelada."
"A questão da violência, senador Tasso Jereissatti, os nossos
indicadores são estarrecedores. Morrem assassinados por ano no Brasil,
55 mil pessoas; são estupradas por dia no Brasil, 100 mulheres;
desaparecem por ano no Brasil, 200 mil pessoas, destas, 20 mil não
reaparecem. Então, nenhum conflito no mundo, cobra um índice tão grande
de perdas humanas. Eu vou ser franco, eu não entendo a passividade
nossa, do Brasil como um todo. A população em geral, e nós autoridades
diante disso. As pessoas que morrem por ano no Brasil, é muito superior,
às pessoas que estão se refugiando lá no Oriente Médio.
A pergunta é: Até quando nós vamos permitir que isso aconteça. Então,
junto com a questão do narco-tráfico, que estão intimamente
relacionadas, eu acho que é um tema que nós temos que abordar de formas
diferentes, com outras abordagens, e com mais intensidade, com uma visão
integrada, sistêmica, porque nossa gente não merece isso." - (pequeno
trecho do debate sobre situação dos projetos estratégicos das Forças
Armadas no Senado com o General Villas Boas em 26/09/2015)

Curiosamente em 09/2017, é a vez do General Antônio Hamilton Martins
Mourão, com o qual seríamos injustos e faltosos se deixássemos de nos
lembrar o que foi dito naquela Loja Maçônica em Brasília - DF:

"o Exército hoje trabalha como numa tábua de logaritmos, com
aproximações sucessivas, para analisar a conjuntura do país"
"Até chegar o momento em que ou as instituições solucionam o problema
político, pela ação do Judiciário, retirando da vida pública esses
elementos envolvidos em todos os ilícitos ou então nós teremos que impor
isso"

Pois então, em virtude disso, nossas Forças Armadas por inúmeras vezes
fazem, como sempre fizeram, reuniões, e isso costuma deixar a molecada
com um aperto que em algumas ocasiões, acaba por faltar banheiro para a
corja.
Foi assim que analisaram que uma das tantas reuniões não se tratava de
um ensaio para se tramar um golpe militar, mas confirmam que o que os
motivou a realizar o encontro foi a preocupação com o ritmo acelerado da
deterioração do quadro político brasileiro. E, sim, deixam claro que, se
houver necessidade, estarão prontos "para uma intervenção com o objetivo
de colocar ordem na casa".
Essa foi a conclusão tirada em uma das muitas, como já disse acima, das
reuniões do alto comando.
Lembremo-nos, que quem tem ... tem medo, e portanto, se um oficial,
falar um pouco mais alto, a cachorrada sai correndo em várias direções e
sem rumo certo.

E foi assim que naquela reunião, a despeito de ainda ser inverno, o
então Comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, fazia a
abertura formal da 314ª reunião do Alto Comando do Exército, realizada
no Quartel General do Exército, em Brasília. O encontro, de cinco dias
de duração, foi convocado para discutir os problemas que afligem os
militares, entre os quais, a crise política do País e a falta de
recursos para manter soldados nas casernas e garantir as atividades
básicas da força, alvo de um significativo contingenciamento de verbas
do governo federal. Os generais que comandam as tropas nas principais
unidades do Exército demonstravam inquietação. Sentiam a necessidade de
se posicionar sobre a corrupção e a barafunda reinante nos poderes da
República. Mas a pauta, por assim dizer, foi extrapolada, ultrapassando
as fronteiras do razoável.

Na surdina, a cúpula do Exército pôs em debate ali o que o general
Antonio Hamilton Martins Mourão ecoaria dias depois, mais precisamente
na sexta-feira 15, durante um evento da Loja Maçônica Grande Oriente:
uma eventual necessidade de uma intervenção militar no País, "diante da
crise ética e político-institucional". Ou seja, Mourão não falava
sozinho nem havia cometido um arroubo imprevidente, quando defendeu a
solução radical tornada pública na última semana. Ele entabulou um
discurso, com tintas golpistas, respaldado por um encontro prévio do
Alto Comando do Exército. Não se trata de um foro qualquer. O colegiado
é o responsável pelas principais decisões do Exército. Estavam presentes
16 generais quatro estrelas, entre eles Fernando Azevedo e Silva, chefe
do Estado-Maior e Comandante Militar do Leste, cotado para substituir
Villas Bôas, prestes a encerrar seu ciclo no comando do Exército.
Compareceram também os demais seis comandantes militares, entre os quais
o da Amazônia, general Antonio Miotto, e o do Sul, general Edson Leal Pujol.
Ao invés de punir o general Mourão, o Comandante do Exército elogiou o
colega: "Grande soldado".

Foi munido desse espírito que Mourão desembarcou na maçonaria. O
encontro teve início às 20h de sexta-feira 15. Lá, ele disparou a
metralhadora giratória sem maior cerimônia. Disse que seus "companheiros
do Alto Comando do Exército entendiam que uma intervenção militar poderá
ser adotada se o Judiciário não solucionar o problema político",
referindo-se à corrupção. Pediu a "retirada da vida pública desses
elementos envolvidos em todos os ilícitos" e advertiu que "vai chegar um
momento em que os militares terão que impor isso (a intervenção militar
na política)". E, por fim, acrescentou: "O que interessa é termos a
consciência tranquila de que fizemos o melhor e que buscamos, de
qualquer maneira, atingir esse objetivo. Então, se tiver que haver,
haverá (ação militar)", pregou Mourão.

A fala do general provocou o maior alvoroço no País. E durante uma
entrevista ao jornalista Pedro Bial, da TV Globo, Villas Bôas foi
taxativo: "Punição não vai haver. Essa questão já está resolvida
internamente", disse o comandante, acrescentando: "A maneira como Mourão
se expressou deu margem a interpretações amplas, mas ele inicia a fala
dizendo que segue as diretrizes do comandante". E falou de Mourão "um
grande soldado, uma figura fantástica".
Falando mais: "a Constituição concede às Forças Armadas um mandato para
intervir se houver no País a iminência de um caos".

Mero formalismo. Embora não lidere nenhum movimento de insurreição
militar, o general Mourão conta com amplo apoio não só do comando do
Exército, como da tropa. No início da semana, o coronel Muniz Costa
distribuiu para um grupo de companheiros de farda uma carta sob o título
"Do que falou o General". Nela, promoveu uma contundente defesa do
general: "Quando um general de quatro estrelas afirma que o Exército tem
planejamentos para atuar na eventualidade de uma falência das
instituições nacionais, num momento que o País enfrenta a mais grave
crise em mais de cinquenta anos, as cassandras do 'pseudolegalismo' se
agitam", afirmou. O primeiro comandante da Força de Paz no Haiti (2004),
general da reserva Augusto Heleno, seguiu na mesma toada."Meu apoio
irrestrito ao respeitado chefe militar (Mourão). É preocupante o
descaramento de alguns políticos, integrantes da quadrilha que derreteu
o País, cobrando providências contra um cidadão de reputação intocável".
Outro que demonstrou estar no mesmo compasso de Mourão foi o general de
Brigada Paulo Chagas. A seu grupo de amigos nas redes sociais afirmou
que num cenário de um caos total, os militares não poderiam ficar
"inertes aguardando ordens". O presidente da Associação de Oficiais da
Reserva do Distrito Federal, o tenente Rômulo Nogueira, foi além, ao
divagar sobre uma eventual queda de Temer. "Quem assume? O rapazinho lá,
não sei o quê Maia. Será que ele teria pulso forte para dar uma ordem?
Num clamor, numa desordem, alguém tem de tomar conta da casa".

Em 2015, Mourão foi afastado do Comando Militar do Sul, em Porto Alegre,
depois de tecer críticas à então presidente Dilma, dizendo que seu
governo era corrupto e incompetente - o que não constituía uma mentira,
por óbvio. Mourão foi transferido para Brasília, onde assumiu o cargo de
Secretário de Finanças do Exército, uma das mais importantes na força.
Por esse motivo, logo após seu pronunciamento na Loja Maçônica, surgiram
os desencontros, todo mundo ficou nervoso. O general Mourão perderia o
cargo e seria preso por pregar uma intervenção militar no País? Seria
repreendido?
Nem uma coisa, nem outra.

(ap. Ely Silmar Vidal - Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente
do CIEP - Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (OI)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 080819 - Confiar nas Forças Armadas é a pedida? - (imagens da
internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos
iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos
contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém,
ajude-nos:
(ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

[youtube=http://youtu.be/jLk9qjL0cVw]

http://www.portaldaradio.com

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae

quinta-feira, 19 de setembro de 2019

O Brasil será representado junto ao G7

Apenas a título de curiosidade, o Brasil encontrou apoio, justamente,
porque teve a ousadia de eleger Bolsonaro, na última eleição e isso, de
uma forma ou de outra, tem agradado ao mundo.
O mundo está de certa forma, muito mais feliz e tranquilo, sabendo que o
Brasil conta, hoje,  com um presidente como Jair Bolsonaro.
Estados Unidos da América, Japão, Reino Unido e Itália, além de Israel
estão muito bem com o Brasil.
E apesar de um apoio mais discreto, a própria China, procurou demonstrar
nesta sexta-feira, através do homem que é o número dois na embaixada
chinesa em Brasília, um certo ânimo para com a atual política ambiental
brasileira, que foi elogiada pelo importante representante chinês.
Seu nome é Qu Yuhui, e ele reafirmou o grande interesse de negociação,
através de um contrato de livre comércio que pode vir a se concretizar
entre os dois países.

Naturalmente que de todos os países, um dos maiores entusiastas é
justamente os EUA representado pelo Donald Trump que já manifestou o
interesse em levar pessoalmente a posição do Brasil, para que seja
avaliada pelo G7.
Caso isso aconteça, não precisamos dizer que Emmanuel Macron, fica aos
olhos do mundo como um moleque que é pego de calças curtas, fazendo xixi
no muro da história.

Esta atitude de Trump, fica muito mais clara e evidente, quando o
próprio Trump declara, que a relação com o presidente Bolsonaro está
mais sólida do que antes estava.

Isso termina por representar um tiro no pé que Emmanuel Macron deu em
seu próprio pé.
Emmanuel Macron provocou uma reunião extraordinária, justamente porque
dizia ele, que o Brasil estaria promovendo queimadas, e dessa forma,
estaria acabando com o "pulmão do mundo".
O que Emmanuel Macron não contava é que Bolsonaro poderia ver a sua
defesa, ou a defesa de que o Brasil não está agindo da forma como Macron
nos acusa, pelas mãos de um poderoso e importantíssimo aliado mundial,
ou seja, o próprio Donald Trump, presidente dos Estados Unidos da América.

É muito bom que seja lembrado, que os países que nos oferecem apoio,
Reino Unido, Itália e Japão, são países que fazem parte do G7, lembrando
que Espanha, Chile Argentina e Peru também fazem parte do mesmo grupo, e
que o Brasil mantém uma relação saudável com todos.

O G7 deverá se reunir neste 25 de agosto em Biarritz (sudoeste da
França, e naturalmente, que sabemos, tudo deverá correr dentro de uma
ordem e tranquilidade, especialmente, porque o Brasil não está só.

Além de tudo o que já foi dito, contamos também com a manifestação
desinteressada dos EUA em nos ajudar a conter os focos de incêndio que
porventura venham a surgir;
Ao contrário dos países que ameaçam intervenção, e até mesmo a adoção de
barreiras comerciais, por causa das queimadas e da política ambiental
brasileira, encontramos o aliado na pessoa de Trump que nos oferece o
apoio e com a reafirmação de que as "perspectivas de comércio são muito
animadoras" entre Brasil e EUA.

Esse tipo de atitude, quando acontece, é claro que necessita de um
primeiro passo, que deve ser dado por alguma das partes. Ao que tudo
indica, houve o primeiro passo, dado pela Casa Branca, que ligou para o
Presidente Bolsonaro, e em atitude cordial, a conversa girou entre uma
espécie de cooperação entre os dois países em torno dos problemas
ambientais, garantindo assim o respeito à soberania de ambos.

A conversa foi bastante ampla, gerando uma oportunidade de
aprofundamento no pensamento de ambos, para o aprofundamento dos laços
entre os países, até a possibilidade de um acordo comercial bem mais
abrangente.

Bolsonaro colocou durante seu pronunciamento em cadeia nacional, que
tinha um importante membro do G7 que poderia manifestar-se favorável ao
Brasil, de forma quase imediata, houve uma espécie de solidariedade de
outros países que inclusive ofereceram meios para combater as queimadas.

Cremos que Macron, não repetirá a façanha novamente, especialmente,
utilizando-se de chamada mentirosa e com foto desatualizada, ou seja,
utilizando de "fake-news" para conseguir o que seria, um golpe contra o
Brasil, através de uma grande farsa.

Macron tentou pegar o mundo desta forma:
"Nossa casa queima. Literalmente. A Amazônia, o pulmão do nosso planeta
que produz 20% do nosso oxigênio, está em chamas. É uma crise
internacional. Membros do G7, vejo vocês em dois dias para falar sobre
esta emergência. #ActForTheAmazon" (twitter Macron - original em francês)

"Nossa casa está queimando. Literalmente. A floresta amazônica - os
pulmões que produzem 20% do oxigênio do nosso planeta - está em chamas.
É uma crise internacional. Membros da Cimeira do G7, vamos discutir esta
primeira ordem de emergência em dois dias! - #ActForTheAmazon" (twitter
Macron - original em francês)

Afora o fato de que, naturalmente, assuntos que envolvam o Brasil e a
Amazônia, só poderão vir a ser discutidos, por sua soberania, com a
presença do presidente da República, ou de seu representante autorizado.

Diante do exposto, é claro que alertamos o mundo que nosso presidente
Jair Bolsonaro, apenas reagiu, ao chamar Macron de colonialista, após a
percepção de que o presidente francês se utilizara de uma foto falsa, e
com dados que não correspondem à realidade temporal.
Lembrando que Macron, não satisfeito em ser desmascarado com sua
falácia, resolveu levar a conversa para o tapetão, e acusou o presidente
Jair Bolsonaro de ser mentiroso.
Bolsonaro reagiu, respondendo que Macron, busca capitalizar-se
politicamente com o desgaste que provocou.

Apesar das relações estremecidas, nosso embaixador na França, Luiz
Fernando Serra, não se calou e falou aos que lhe queiram ouvir, que
durante o governo de Lula, essas queimadas eram piores, porém, que a
imprensa não divulgava, por isso, o assunto não chegou a ganhar o tom
alarmista de agora.
Durante um programa para a TV francesa, Luiz Fernando Serra, afirmou que
durante o governo Lula, os problemas eram muito mais graves na Amazônia,
mas, Lula tinha um silêncio obsequioso a seu favor.
E que, Bolsonaro por ter sido eleito com 58 milhões de votos, não seria
admitido pela esquerda como o vitorioso das urnas, porque a esquerda não
digere muito bem as derrotas.

E não somente isso, mas Luiz Fernando Serra, disse também que dos
incêndios ocorridos na Califórnia, ninguém ousou, sequer,
responsabilizar Barack Obama. Lembrando assim a miopia esquerdopata que
vigora no mundo todo.

Nessa entrevista perguntaram ao embaixador, se isso poderia ser apenas
uma coisa da imprensa. Serra afirmou que sim. "Claro, (Jair Bolsonaro)
derrotou a esquerda com 58 milhões de eleitores que eram contra Lula e
seu partido. Mas a esquerda não admite perder eleições no Brasil."

Lembrando que outro motivo que leva a imprensa a querer acabar com a
reputação brasileira, reside no fato de que o Brasil é altamente
competitivo na área agrícola.

Houve a instalação de uma crise diplomática, e é claro que existe a
possibilidade de nosso embaixador vir a ser chamado para o Brasil. Isso
demonstraria de forma inequívoca a insatisfação ocasionada pelas ofensas
de Macron ao presidente Jair Bolsonaro, e por extensão ao Brasil.

(ap. Ely Silmar Vidal - Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente
do CIEP - Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (OI)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 240819 - O Brasil será representado junto ao G7 - (imagens da
internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos
iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos
contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém,
ajude-nos:
(ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

[youtube=http://youtu.be/igjp2Dfuq0g]

http://www.portaldaradio.com

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae

O Oleiro Fabrica um Vaso novo

"A palavra do SENHOR, que veio a Jeremias, dizendo:
Levanta-te, e desce à casa do oleiro, e lá te farei ouvir as minhas
palavras.
E desci à casa do oleiro, e eis que ele estava fazendo a sua obra sobre
as rodas,
Como o vaso, que ele fazia de barro, quebrou-se na mão do oleiro, tornou
a fazer dele outro vaso, conforme o que pareceu bem aos olhos do oleiro
fazer.
Então veio a mim a palavra do Senhor, dizendo:
Não poderei eu fazer de vós como fez este oleiro, ó casa de Israel? diz
o Senhor. Eis que, como o barro na mão do oleiro, assim sois vós na
minha mão, ó casa de Israel.
No momento em que falar contra uma nação, e contra um reino para
arrancar, e para derrubar, e para destruir,
Se a tal nação, porém, contra a qual falar se converter da sua maldade,
também eu me arrependerei do mal que pensava fazer-lhe.
No momento em que falar de uma nação e de um reino, para edificar e para
plantar,
Se fizer o mal diante dos meus olhos, não dando ouvidos à minha voz,
então me arrependerei do bem que tinha falado que lhe faria.
Ora, pois, fala agora aos homens de Judá, e aos moradores de Jerusalém,
dizendo: Assim diz o Senhor: Eis que estou forjando mal contra vós; e
projeto um plano contra vós; convertei-vos, pois, agora cada um do seu
mau caminho, e melhorai os vossos caminhos e as vossas ações.
Mas eles dizem: Não há esperança, porque andaremos segundo as nossas
imaginações; e cada um fará segundo o propósito do seu mau coração.
Portanto, assim diz o Senhor: Perguntai agora entre os gentios quem
ouviu tal coisa? Coisa mui horrenda fez a virgem de Israel.
Porventura a neve do Líbano deixará a rocha do campo ou esgotar-se-ão as
águas frias que correm de terras estranhas?
Contudo o meu povo se tem esquecido de mim, queimando incenso à vaidade,
que os fez tropeçar nos seus caminhos, e nas veredas antigas, para que
andassem por veredas afastadas, não aplainadas;
Para fazerem da sua terra objeto de espanto e de perpétuos assobios;
todo aquele que passar por ela se espantará, e meneará a sua cabeça;
Com vento oriental os espalharei diante do inimigo; mostrar-lhes-ei as
costas e não o rosto, no dia da sua perdição.
Então disseram: Vinde, e maquinemos projetos contra Jeremias; porque não
perecerá a lei do sacerdote, nem o conselho do sábio, nem a palavra do
profeta; vinde e firamo-lo com a língua, e não atendamos a nenhuma das
suas palavras.
Olha para mim, Senhor, e ouve a voz dos que contendem comigo.
Porventura pagar-se-á mal por bem? Pois cavaram uma cova para a minha
alma. Lembra-te de que eu compareci à tua presença, para falar a favor
deles, e para desviar deles a tua indignação;
Portanto entrega seus filhos à fome, e entrega-os ao poder da espada, e
sejam suas mulheres roubadas dos filhos, e fiquem viúvas; e seus maridos
sejam feridos de morte, e os seus jovens sejam feridos à espada na peleja.
Ouça-se o clamor de suas casas, quando de repente trouxeres uma tropa
sobre eles. Porquanto cavaram uma cova para prender-me e armaram laços
aos meus pés.
Mas tu, ó Senhor, sabes todo o seu conselho contra mim para matar-me;
não perdoes a sua maldade, nem apagues o seu pecado de diante da tua
face; mas tropecem diante de ti; trata-os assim no tempo da tua ira."
(Jr 18:1-23)

(ap. Ely Silmar Vidal - Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente
do CIEP - Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (OI)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 160919 - O Oleiro Fabrica um Vaso novo - (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos
iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos
contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém,
ajude-nos:
(ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

[youtube=http://youtu.be/YQNuSWaYeKo]

http://www.portaldaradio.com

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae

Quem vigia os vigilantes?

"Quis custodiet ipsos custodes?" (poeta romano Juvenal)

A priori é fato sabido que Jair Messias Bolsonaro, como uma das
primeiras atitudes após sair de mais uma dura intervenção cirúrgica,
através da TV Brasil.
Assim, que ele, frente às câmeras e ladeado por algumas pessoas, dentre
eles, o vice- presidente da República General Hamilton Mourão, assinou
neste dia 17/09/19 uma proposta que autoriza a posse de arma em toda a
extensão da propriedade rural. Lembrando que antes a posse era permitida
somente na área da sede do imóvel rural.
Pois bem, para bom entendedor, pingo é letra. E eu digo a todos os que
me ouvem, que ouçam também meu povo brasileiro, o que o presidente da
República Federativa do Brasil está dizendo em alto e bom tom:
Comprem suas armas e preparem-se. Defendam o que lhes pertence, enquanto
podem!

Com um olhar minimamente atento, percebe-se que algumas pessoas já leram
o livro, e já estão com a resenha pronta.
Este é o caso do trabalho de um jornalista, trata-se do José Roberto
Guzzo, que há muito vem trazendo ao público, suas impressões e
norteando, em grande parte a imprensa, pela sua vida longeva.
E foi o que aconteceu, J R Guzzo, desenha suas impressões, em algumas
mensagens em seu twitter, bastante propositais, e com a leveza de uma
espécie de câmera que registra o "déjà-vu" com a presteza necessária,
para que isso sirva de elemento que fundamente a história.

"A mídia brasileira parece ter assinado um pacto coletivo de suicídio.
Decidiu se transformar em partido político, ou numa seita de ideias
mortas: em vezes de fatos, publica seus desejos. Para garantir a perda
de público, está fechada com a minoria - o Brasil derrotado na eleição".
(J R Guzzo - 04/09/19)

Desta forma, nos deparamos com este primeiro, para a série de mensagens
que escolhi.
Guzzo nos alerta para o papel que a mídia vem se prestando, lembrando
que este mesmo Guzzo é ator principal de toda a mídia que atua no
Brasil, embora, ele esteja de um lado diferente dos demais.
Vemos o desenho de um grupo de pessoas que já sem codificação ética, ou
mesmo moral. E além disso, vemos o pessoal que corre em busca de
assuntos do interesse do público, ou seja, a famosa "fofoca".
E é assim que Guzzo nos mostra o pacto do suicídio coletivo, quando
assume descaradamente o lado daqueles que foram derrotados na eleição.
E muito bem desenhado por Guzzo, quando eles resolveram transformar-se,
em um curral de ideias, e portanto fechados, como em um "partido
político" ou mesmo como, militantes políticos.

Como dizia o Luis Fernando Veríssimo: "Às vezes, a única coisa
verdadeira num jornal é a data".
Foi desse jeito que vemos no twitter de Bolsonaro, mais um desmonte da
indústria da Fake News, a grande mídia por seus grandes nomes: "- Acabo
de chegar em Brasília e já me deparo com outra MENTIRA da imprensa.
- A desinformação atenta contra a própria mídia.
- NÃO EXISTE QUALQUER PLANO DE REFORMA MINISTERIAL." - (Jair Messias
Bolsonaro)

Em apenas poucos lances, observamos, de imediato, os inúmeros deslizes
da Rede Bobo de Televisão:
- No desfile de 7 de setembro, ao nominar o menor que foi com Bolsonaro
no Rolls Royce oficial, acenando para a multidão como um "imbecil" que
precisava ser alfabetizado - (imagino como teria ficado faceiro o
próprio idiota do Bonner se estivesse no carro do presidente no lugar
daquele menino, ou Bonner seria menos imbecil);
- atribuíram no Jornal Nacional, frases que viram em um perfil fake,
como sendo do General Heleno;
- no afã de fofocar, e com objetivos claríssimos de denegrir a todo
custo a família do presidente, tentaram expor a esposa de Eduardo
Bolsonaro, a qualquer coisa, como a repercussão foi negativa, depois
saíram com um pedido de desculpas;
- disseram que o Ministro da Educação Weintraub, tirou férias
remuneradas, poucos meses depois de assumir;
- o jornal "O Globo" divulga que por ordem de @JairBolsonaro o PSL
deveria abandonar a base de apoio de Wilson Witzel, governador do Rio de
Janeiro;
- a jornalista Maria Beltrão, resolve sim, fazer graça ao vivo e a
cores, apresentando o Stúdio I, e para o mundo ouvir, chamando Bolsonaro
de Bozonaro;

"O problema não é Renan Calheiros. O problema é uma coisa chamada
"Senado Federal". Nada do que acontece ali é honesto, obedece alguma
regra moral ou serve à população. Seu atual presidente é apenas um Renan
com menos prática em destruir o Brasil — mas vai chegar lá, rapidinho".
(J R Guzzo 11/09/19)

Seguindo em frente vemos o desenho de um Senado, como uma coisa, que na
verdade não representa mais nada, a não ser os interesses de um pequeno
grupo, ou seja, a ORCRIM, que justamente, formada pelo Foro de São
Paulo, coloca o Brasil em cheque, especialmente quando vemos como tão
bem dito pelo Guzzo que Alcolumbre não é um Renan, especialmente no
quesito de destruir o Brasil, mas que caminha a passos largos nesse
sentido, e que muito breve, supera o mestre.

"É preciso olhar com um pouco mais de atenção para onde o Brasil está
indo. No fundo, é isso o que importa. O país vai estar melhor daqui a
três anos? Depende das decisões que estão sendo tomadas agora". (J R
Guzzo 11/09/19)

E todos os olhares se voltam para os rumos que o País está tomando, com
menos atenção aos resultados a longo prazo, porém, com atenção redobrada
aos resultados urgentes.
E fica muito evidente que os resultados mais urgentes, necessariamente
não são os que serão melhores para o nosso País, e para o futuro de
nossa nação.

"Não perca o seu tempo com dúvidas. A guerra para manter vivo o Brasil
velho está sob o comando da facção pró-crime dos tribunais superiores.
A elite iluminada, a maior parte da mídia e os magnatas com medo do
Código Penal se subordinaram a ela. Seu líder, hoje, é Gilmar Mendes."
(J R Guzzo - 16/09/19)

Quadrilhas criminosas existem, e como qualquer outra organização,
necessitam de liderança.
Seus líderes, têm que ser pessoas à altura do cargo que ocuparão.
Se o líder for fraco, a organização já nasce fadada ao fracasso,
portanto, a escolha do líder é algo que se dá com muita atenção ao poder
que esse líder deterá e até onde esse líder pode ir sem ter que pedir a
bênção aos padrinhos mais destacados do bando.
E aqui é que se desenha com muito mais clareza, a "hidra". Embora a
priori, Guzzo resolva nominar a hidra, como sendo a própria figura de
Gilmar Mendes, ainda assim, ele nos encaminha à solução do enigma.
Ou seja, a hidra, neste caso, é aqui representada pelo próprio STF
Supremo Tribunal Federal e portanto, a liderança da ORCRIM, está sendo
muito bem representada pelos onze ministros que hoje ocupam cargos no STF.

(ap. Ely Silmar Vidal - Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente
do CIEP - Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (OI)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 170919 - Quem vigia os vigilantes? - (imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos
iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos
contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém,
ajude-nos:
(ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

[youtube=http://youtu.be/U1POBVcUkK0]

http://www.portaldaradio.com

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae

terça-feira, 17 de setembro de 2019

Deus enviou Trump e Bolsonaro para a mudança

"O coração do sábio está à sua direita, mas o coração do tolo está à sua
esquerda." (Ec 10:2)

Sabe, como o projeto de mudança era muito grande, então Deus resolveu
mandar logo, dois caras duros, broncos, acostumados a pegar no pesado, e
prontos para carregar os pianos, geladeiras, sofás, armários etc...
Se fossem dois frouxos, as mudanças não chegariam a bom termo, porque ao
olhar o tamanho do piano, já desistiriam na metade do caminho, e foi por
isso, que Deus resolveu mandar o Donald John Trump para as mudanças dos
Estados Unidos da América, e o Jair Messias Bolsonaro para a completa
transformação que o Brasil necessita.

E isto é o que vemos das palavras do pregador e pastor dos Estados
Unidos, um batista calvinista, quando traz este ponto de meditação
acerca das figuras de Trump e Bolsonaro.

"Veja que brasileiros são muito inteligentes, e quando se juntam,
tornam-se muito fortes. E creio que, o que está acontecendo através de
Bolsonaro agora, é que a nação brasileira está sendo unificada. E o
diabo está com medo. A esquerda está com muito medo".
"Deus é conservador. Deus é agressivo. Deus clama por mudanças.
Primeiro, Ele mandou João Batista, enviou a Jesus Cristo, enviou Isaías
e Ezequiel. E deus enviou Trump e Bolsonaro".

Deus salve a América!
Brasil acima de tudo, Deus acima de todos.

"E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." (Jo 8:32)

(ap. Ely Silmar Vidal - Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente
do CIEP - Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (OI)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 170919 - Deus enviou Trump e Bolsonaro para a mudança -
(imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos
iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos
contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém,
ajude-nos:
(ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

[youtube=http://youtu.be/As5iVj23mQM]

http://www.portaldaradio.com

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae

A OAB não existe, você sabia disso?

Domingos da Paz, jornalista e presidente da Comissão Nacional de Combate
à Corrupção, vem a público desnudar o que a grande maioria da população
não sabe, e a grande maioria prefere a ignorância, a fazer um estudo
mais qualificado em torno do assunto.

Há salvação para por ordem no Brasil, com o Decreto Presidencial
fundamentado no Artigo 142 da CF/1988:

"Art. 142. As Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército e
pela Aeronáutica, são instituições nacionais permanentes e regulares,
organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade
suprema do Presidente da República, e destinam-se à defesa da Pátria, à
garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer
destes, da lei e da ordem."

Há maracutaia e fraude no Estatuto da Advocacia OAB, a Lei nº 8906/1994
não foi aprovada na câmara e nem no Senado. Nunca foi votada no plenário
da Câmara Federal e nem debatido e aprovado no Senado.

Por ser Lei Federal que trata de direitos fundamentais, deveria ser
votada e aprovada nas duas casas legislativas: Câmara e Senado Federal.

Essa lei, deveria passar nas duas casas em rito ordinário que demoraria
no mínimo 10 anos e até 15 anos sua tramitação, mas ao contrário, andou
a galope nos corredores da Comissão de Justiça e Redação, tão somente!
Em 25 meses eles levaram esta coisa espúria para sanção presidencial,
sem ser aprovada pelo plenário da Câmara, e sem notas taquigráfica!

O Projeto de Lei nº 2938/92 não foi apresentado pelo deputado Ulisses
Guimarães, apenas usaram o nome dele, pois foi apresentado pela própria
interessada: a OAB Conselho Federal, e, em papel timbrado da própria OAB.

Não existem notas taquigráficas da presença dos deputados e nem dos
senadores no Congresso Nacional, porque não houve nenhuma sessão e ou
votação e nem Ata de Reunião e aprovação da Lei. Jamais poderia ser
votada por lideranças.

Cronologia da Teoria da Conspiração:

1) Projeto distribuído em 09/06/1992
2) Collor foi iniciado o processo de cassação em 29/09/1992
3) Ulisses Guimarães sofreu acidente aéreo em 12/10/1992
4) Relator: Nelson Jobim e Nilson Gibson.

Mesmo assim a OAB se ampara na Lei nº 8.906, de 04/07/94 que não foi
votada na Câmara e muito menos no Senado Federal, portanto, é mais uma
obra espúria, imoral, além de ser uma farsa, senão uma fraude!
O fato é que 50% dos comunistas que detonam o Governo Bolsonaro estão
lotados dentro desta organização criminosa - extinta OAB com direito a
carteirinha e pagamentos de anuidades e tudo!

O Estatuto da Advocacia e a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), é uma
fraude, é uma farsa, veja você mesmo a patifaria destes comunistas para
enganar e engambelar o povo, diga-se de passagem, um povo estudado com
nível universitário.

Cadê o pessoal de NOTÓRIO SABER JURÍDICO QUE SEQUER TÊM O DIREITO DE
ESCOLHER SEU PRÓPRIO PRESIDENTE!

Notem que os Ministros do Supremo Tribunal Federal – STF, reunidos,
debateram, tentaram dar uma sobrevida, ressuscitar e julgaram uma Ação a
favor de uma morta, falecida, defunta, extinta e exterminada Ordem dos
Advogados do Brasil- OAB por força do Decreto nº 11 de 18/01/91, ONDE
CRIARAM A ADIN 3026!!!

"perversidade com a coisa pública"

Mesmo com a extinção da OAB, vemos, inúmeros advogados ZUMBIS que não
leem, não estudam ou pesquisam e não buscam entender a história do
nascimento da OAB, por isso não aceitam a morte e a extinção da OAB,
ofendem, esbravejam, esperneiam difamam, injuriam e caluniam o
jornalista Domingos da Paz  que teve a coragem e a dignidade de trazer
ao conhecimento público a morte da OAB pelo Decreto nº 11 de 18/01/91.

1) O Decreto nº 19.408 de 18/11/1930 do governo provisório de Getúlio
Vargas CRIOU a OAB.

2) A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) veio a óbito (MORREU, FALECEU,
FINOU-SE) por força do Decreto nº 11 do dia 18/01/91 do governo Collor
em seu anexo IV.

Estamos sendo lesados a 28 anos, e agora mais essa patifaria da OAB que
mancomunados com o Congresso Nacional, estupram os homens honestos do
Brasil com a farsa e a fraude de um Projeto Lei nº 2938/1992 que virou
LEI sem ser votada no Plenário da Câmara Federal e muito menos nos
Senado Federal.

Todos os documentos exibidos nesta reportagem estão disponíveis no site
da Comissão Nacional de Combate a Corrupção - CNCC:

https://cnccbr.org/extintaoab.html ou https://combateaoscorruptos.org.

Por favor viralizem e compartilhem este vídeo, não esqueça de se
inscrever em nosso canal acionando o sininho para receber novos vídeos.
Não temos o direito de deixar os nossos irmãos brasileiros viverem na
ignorância do saber e do conhecimento. Canal: Domingosdapaz

"E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." (Jo 8:32)

(ap. Ely Silmar Vidal - Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente
do CIEP - Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (OI)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 160919 - A OAB não existe, você sabia disso? - (imagens da
internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos
iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos
contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém,
ajude-nos:
(ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

[youtube=http://youtu.be/t17q-VSnjPY]

http://www.portaldaradio.com

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae

É possível recomeçar, é possível reconstruir

"Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a
porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo." (Ap 3:20)

Não se deixe levar pelo caminho que a muito tempo você percorre.
Lembre-se tua obrigação é fazer o caminho de volta.
O caminho de volta, pode não ser tão agradável, mas é imprescindível
para o teu recomeço.
Volte até aquele ponto, onde você se desligou de você mesmo, e
procure-se, a fim de que possa recomeçar a caminhada, daquele caminho de
onde parou.
Lembre-se, sempre é tempo de recomeçar, sempre é tempo para refazer a
nova vida que lá atrás, você deixou.
(Créditos do vídeo à página Oi Jesus)

(ap. Ely Silmar Vidal - Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente
do CIEP - Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (OI)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 170919 - É possível recomeçar, é possível reconstruir -
(imagens da internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos
iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos
contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém,
ajude-nos:
(ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

[youtube=http://youtu.be/91XchcCPkOY]

http://www.portaldaradio.com

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae

Burburinho: Guerra ou Paz, eis a questão

Chegamos ao ponto de ver alguém que chegou em 2017, à Polícia Federal,
amparado por filmagens de tudo o que ele fazia com a quadrilha... Ou
seja, filmou tudo e quando, finalmente foi pego, resolveu abrir a
matraca e delatar, comprovando o que dizia, porque tinha a certeza de
que uma imagem, às vezes, vale mais que mil palavras...
Desta forma, o cabra tem em sua delação de tudo, até prefeito e ministro.

Foi dessa forma, que chegamos a ter conhecimento do caboclo Silval
Barbosa, aquele que foi governador do Mato Grosso.

Um belo dia, ele recebeu a visita, da Polícia Federal e do MPF
Ministério Público Federal, mas é claro, não deixou de receber um
telefonema nessa mesma ocasião de nada mais, nada menos que do Gilmar
Mendes, o "boquinha de sapo" do STF Supremo Tribunal Federal.

A amizade entre os dois era tão grande, que Gilmar Mendes, ao saber que
o amiguinho recebera a visita da Polícia Federal e do MPF, que resultou
em uma operação de busca e apreensão, na operação intitulada "Sodoma",
foi o primeiro a ligar para o investigado Silval, onde se ofereceu e
colocou-se à disposição para ajudá-lo, no que fosse necessário.
Lembrando que Gilmar que não é bobo, nem nada, aparentemente nem se
preocupou com o fato de que Silval estivesse grampeado, e falou
abertamente ao telefone, que iria ajudá-lo, inclusive intercedendo junto
a outros ministros do STF em apoio a Silval.

Imaginamos que Gilmar deva achar que essa conversa interceptada, seja
vista como uma conversa bastante republicana e cheia de laços do mais
puro e fraterno amor cristão.
A ponto de hoje o famigerado Gilmar achar-se revestido de tão pura e
grandiosa alma honesta, a ponto de falar grosso referindo-se aos
vazamentos proporcionados pelo "VerdeValdo" em torno do nome de Sérgio
Moro e de outros homens ligados à Lava Jato, a quem Gilmar acusa de
quadrilheiros.

É importante salientar que a os telefones de Silval estavam grampeados,
dessa forma é que a conversa entre Gilmar e Silval, fora interceptada;
ao contrário da situação dos membros da Lava Jato que foram hackeados,
de uma forma criminosa. Para Gilmar, e sua memória seletiva, o ministro
Sérgio Moro, foi pego com a boca na botija, além de que, Gilmar do alto
de sua ignorância jurídica, não entende a diferença entre um hackeamento
de conversas, e uma interceptação telefônica judicial.
É interessante que ao lidarmos com a ignorância, tenhamos que desenhar
de fato os fatos, a fim de que fiquem um pouco mais claras as nuances
entre um e outro.

Quando se ouve a conversa entre Silval e Gilmar, percebe-se um bate-papo
amistoso, onde se nota a garantia da intercessão que Gilmar fará junto a
outros membros do STF, para, ao menos tentar solucionar de forma
amistosa a situação do amigo Silval.

Mas, quis Deus, que a interferência de Gilmar não parasse as
investigações e dessa forma o "coleguinha" acabou sendo preso e com isso
o Estado celebrou um acordo de delação premiada.

E ao que parece, um acordo realmente satisfatório, talvez um dos mais
interessantes já obtidos em nosso País. Porque Silval, sempre teve o
cuidado de filmar tudo o que fazia, pelo menos no que envolvia o esquema
propineiro do qual ele estava na qualidade de chefe. Assim, que ele
consegue envolver até mesmo o ex-ministro da Agricultura Blairo Maggi,
também o atual prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro.
Vale salientar que as filmagens dão até um sabor de chanchada, ou de
filme pastelão, quando o propineiro, ao esconder o dinheiro nos bolsos,
acaba por derrubar algum pelo chão e ainda brinca com os "coleguinhas"
em volta, utilizando-se do bordão do Silvio Santos "Quem quer dinheiro?"

Bem, fica redundante dizer que toda a situação é de ma total falta de
vergonha, de todas as pessoas envolvidas, mas, mais especialmente do
canalha do membro do STF, que escarnece daqueles que lhe pagam seus
gordos vencimentos.

=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=

Admitir que a internet nos aproxima cada vez mais, é quase o equivalente
a chover no molhado, afinal de contas, em buscas rápidas pela internet,
encontramos farto material que liga o PCC Primeiro Comando da Capital ao
PT Partido dos Trabalhadores.

Faça você mesmo o teste e verá.
Agora mesmo, vem a público uma gravação de interceptação telefônica onde
se ouve que um alto membro do PCC, reclama que com este governo não se
tem diálogo e que em contrapartida, bons tempos era o do PT, quando se
tinha muito mais diálogo para o cometimento de crimes durante os
governos esquerdistas.

Percebe-se pelos diálogos "cabulosos", que os manos estão sentindo falta
do carinho que emanava, especialmente do apedeuta e da caterva que o
circundava.

Mas, não paramos por aí, quando damos uma olhadela na delação de
Palocci, de 04/19, vemos que ele relata que o PT, teria usado o PCC,
para lavar dinheiro com empresas lá do Ceará.

Também analisando as delação de Marcos Valério de 12/18, vemos que o
mesmo Marcos faz uma clara ligação do PT com o PCC.

Mas para que não se diga que são sempre os mesmos, surgem duas figuras
premiadas, sim, porque são irmãos, e ambos do PT, que em 05/14, o
deputado estadual Luiz Moura e seu irmão, o vereador Senival Moura, além
de ser membros do PT, também têm o agravante de envolvimento com o PCC
Primeiro Comando da Capital.

Bem, poderiam dizer muitos que a busca teria sido objetivamente no
sentido de criminalizar o PT, e por isso teriam sido encontrados esses
elementos, mas para que não restem dúvidas, percebe-se a Revista Veja,
que em 09/06, revela áudios, obtidos através de interceptação telefônica
autorizada pela justiça, em que um integrante do PCC orienta seus
parentes amigos e conhecidos, ou seja, a todos que sejam ligados ao PCC.
a votarem em José Genuíno do PT para governador do Estado de São Paulo
no ano de 2002.

E como se fosse uma cereja no bolo, temos também uma fala de Lula em
04/09 onde ele sugere às FARC Forças Armadas Revolucionárias da
Colômbia, que criem um partido político, para dessa forma, disputarem o
poder na Colômbia.
Vemos então que o diálogo com as forças parasitárias, sempre foram a
tônica dessa quadrilha que se tornou um partido político durante o
Regime Militar.

=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=

Todos acompanhamos ao longo dos anos, as piadas de mau gosto do apedeuta
e de sua troupe,. Nós vimos e ouvimos sobre as "mulheres do grelo duro",
da mesma forma acompanhamos o vazamento que se deu com relação ao "polo
exportador de viados", quando o molusco se referiu à cidade de Pelotas
no Rio Grande do Sul. Bem, não precisamos citar todas as pérolas
PTralhas, porque, quem conhece um pouco da vida, já entendeu o tom do
restante, afinal de contas, para bom entendedor, pingo é letra.
Analisando-se isso é que entendemos então a sanha que se instalou nos
dementes esquedopatas de plantão, que não podem ver o Bolsonaro e já
encontram algo de que o acusar. Afinal de contas, a máxima gramsciana
diz: "Acuse-os do que você é, e do que você faz!"
Por esse motivo, que Bolsonaro não precisa sequer abrir a boca, basta à
esquerda o fato de que Bolsonaro exista, que assim, tudo o que
acontecer, é, e será sempre utilizado contra a figura que o povo elegeu
como "MITO".

Vejam que não importa em que situação o Brasil se encontra, não importa
em que situação o Brasil se encontrava, importa sim, que eu encontre
algo para falar que possa grudar na figura representativa do novo governo.
O fato de o governante, não ser dado a coisas escusas, pouco ou nada
representam, afinal de contas, o que mais interessa é denegrir a figura
e tudo o que ela possa representar, ainda que para isso, tenha que ser
utilizada a mentira.
Afinal de contas, sempre resta aos esquerdóides de plantão, a questão:
"o que é um peido para quem está cagado!". Eles já estão todos cagados,
são ladrões já consagrados por quase todas as esferas, então, ser
chamados de mentirosos, não representará absolutamente nada, nesse mar
de lama em que estão chafurdando.

E nessa saga desordenada, o único alvo é a figura que possa desmontar
mais e mais essa quadrilha que rouba e mata de forma desenfreada.
Porque?
Porque, com a roubalheira, as torneiras estavam abertas, e dessa forma,
os quadrilheiros de perto e de longe, usufruíam da mamata.
Não importavam as siglas partidárias (ou quadrilheiras), importava
apenas que se estivesse disposto a fechar os olhos ante os descalabros,
a falcatrua e o mal feito, e pronto, o bolo estaria sendo cuidadosamente
distribuído;
Um pedaço para um, outro para outro, e chorava mais, quem podia menos.
Mas o Bolsonaro, acabou com a festa!
Dizem eles: "O filho da puta não rouba e não quer deixar ninguém roubar
em paz".
Assim, que todos aqueles que comiam na gamela dos privilégios, estão se
debatendo, a começar pela "grande e gloriosa" mídia podre e desonesta,
que não é capaz de separar o joio do tribo, e que também é incapaz de se
reinventar.

Por isso é que vemos pessoas sérias como Sérgio Moro, Deltan Dallagnol,
entre outros, sendo atacados de forma vil e anti-ética, inclusive pela
mais alta corte de nosso País.

=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=x=

"Inicialmente peço desculpas por essa voz do além...
Villas Bôas por sua vez salientou: "Faço questão de expressar que tudo o
que foi feito, no meu período de comando, foi porque eu tinha a certeza
e a confiança de qual seria a atitude de todo o Exército, ladeado pela
Marinha e a Força Aérea. Eu tinha a absoluta confiança na coesão do
Exército, dos seus propósitos, valores e atitudes e de todos os seus
integrantes. Por isso, agradeço e aproveito para homenagear todos os
irmãos de armas que aqui estão. Inclusive da nossa briosa banda dos
dragões. Não fossem as bandas do Exército, eu acho que não saberia
comandar. Napoleão dizia: 'Ponham uma banda na rua que o povo a seguirá
para as festas e para a guerra'.
...
A todos o meu sincero agradecimento e o propósito de estar a disposição,
lá no GSI Gabinete de Segurança Institucional, onde eu estou ombreando
com os Generais Brandão e Peixoto, que tomam conta de mim e não me
deixam atrapalhar muito o General Heleno."

"Coube a mim a honra e o privilégio de representar o presidente Jair
Bolsonaro, nessa homenagem prestada pelo Senado Federal ao General
Eduardo Dias da Costa Villas Boas, meu comandante, com quem compartilhei
momentos de trabalho, e de preocupação com o nosso Brasil.
É muito fácil para um soldado falar de um outro soldado, ainda mais de
alguém, da estirpe do General Villas Boas, com quem muito aprendi, e de
quem guardo as mais gratas recordações de camaradagem, lealdade e amizade.
Como soldado de elite que tu és VB, sempre soubestes ter bem nítido o
sentido de missão e jamais te deixastes intimidar pelas dificuldades,
pela falta de compreensão e pela doença.
Enfrenta com sobranceria todos os obstáculos, e dessa forma transmites
aos teus subordinados a tranquilidade necessária para bem cumprirem o
seu dever.
Estamos aqui, nesta augusta seção, para homenagear este brasileiro
ilustre, que pela sua clarividência, pertinácia, patriotismo e exemplo
único, prestou e vem prestando ainda, inestimáveis serviços ao País.
lembrando a todos os compatriotas aqui presentes, que o Brasil tem um
Exército para serví-lo, e defendê-lo.
Termino essas palavras VB com a saudação do nosso Comando Militar da
Amazônia... Selva...!" - (General Hamilton Mourão)

"Nenhum país do mundo tem autoridade para ensinar o Brasil como devemos
tratar o nosso meio ambiente. A Noruega ainda caça baleias, explora
petróleo dentro do círculo Polar Ártico e detém 30% das ações da
mineradora Hydro Alunorte que promoveu o derramamento criminoso de
metais pesados em Barcarena no Pará sem que se saiba ter-lhe sido
aplicada nenhuma sanção. A Alemanha tem uma matriz energética mais
poluidora do que a nossa. E aos Estados Unidos, que age motivado pelo
lobby do seu agronegócio, que se sente ameaçado pelo Brasil,
perguntamos: aonde estão os seus índios? O Brasil, por seu lado, está à
frente do cumprimento das metas da reunião de Paris. Bem fazem os
responsáveis por nossos órgãos ambientalistas e indigenistas por não se
submeterem a tais pressões. Saberemos desenvolver o Brasil ao mesmo
tempo em que preservaremos o meio ambiente e protegeremos os nossos índios.
Tão logo o Mercosul assinou o tratado com a União Europeia deu-se início
a uma enxurrada de acusações contra o Brasil usando argumentos
ambientalista indigenista que incluíram publicações em órgãos de
imprensa norte-americana. Na verdade trata-se de tentativas de criar
barreiras não tarifárias contra nossos produtos. Quando a inteligência
brasileira, englobando a imprensa, universidade e partidos políticos,
entenderão que essas são as ferramentas empregadas pelo moderno
imperialismo? É triste ver a submissão que houve no Brasil durante tanto
tempo." (General Eduardo Dias da Costa Villas Boas em seu twitter)

(ap. Ely Silmar Vidal - Teólogo, Psicanalista, Jornalista e presidente
do CIEP - Clube de Imprensa Estado do Paraná)

Contato:
(41) 98514-8333 (OI)
(41) 99109-8374 (Vivo)
(41) 99821-2381 (WhatsApp)

Mensagem 130819 - Burburinho: Guerra ou Paz, eis a questão - (imagens da
internet)

Que o Espírito Santo do Senhor nos oriente a todos para que possamos
iluminar um pouquinho mais o caminho de nossos irmãos, por isso contamos
contigo.

Se esta mensagem te foi útil, e achas que poderá ser útil a mais alguém,
ajude-nos:
(ficaremos muito gratos que, ao replicar o e-mail, seja preservada a fonte)

leia este texto completo e outros em:

[youtube=http://youtu.be/Tma6T3dUe9I]

http://www.portaldaradio.com

@elyvidal @radiocrista @pastorelyvidal @conipsip @CiepClube
#FalaPortaldaRadio #conipsi #cojae #dojae